Sistema OCB/RO participa da Audiência Pública do 1º Plano Geral de Outorgas (PGO) Hidroviário

Cumprindo o seu papel de representar as cooperativas nas esferas dos três poderes, o Sistema OCB/RO participou da Audiência Pública do 1º Plano Geral de Outorgas (PGO) Hidroviário, com o objetivo de tratar e discutir os assuntos relacionados às ações prioritárias de estudos para a concessão das hidrovias do Rio Madeira, na a Assembleia Legislativa de Rondônia.

De acordo com o documento aprovado No dia 25 de outubro de 2023, pelo diretor-geral da Agência Nacional de Transportes Aquaviários (Antaq), Eduardo Nery, e pelo Ministro de Portos e Aeroportos (MPA), Sílvio Costa Filho e Bruno Pinheiro, Secretário Especial de Estudos e Projetos da ANTAQ, Fica estabelecido que a exploração das vias navegáveis será realizada por meio de concessão ou de licitação.

O deputado estadual Alan Queiroz (Podemos) convidou a população rondoniense para acompanhar a sessão que discute os possíveis impactos que possam surgir dessa possível concessão da Hidrovia do Madeira, relativamente às comunidades ribeirinhas, a condução de passageiros e ainda ao transporte de grãos e demais mercadorias em geral.

Segundo o parlamentar, a audiência é de suma importância, pois a Hidrovia do Madeira apresenta uma extensão navegável de 1.060 km, entre Porto Velho e a Foz, no município de Itacoatiara, interior do Amazonas, sendo 180 km dentro dos limites rondonienses e 876 km são amazonenses.

Representando o Sistema OCB/RO, estava presente a gerente de relações institucionais, Jorgelene de Matos, além dos representantes: Minacoop; Coogampa; Presidente da Coogam – Tânia; Presidente Coogarima – Fagno Brito; Presidente da COOPMGE e SINGRO;